Aprenda em 13 passos como começar um Negócio de Artesanato

Muitas pessoas adoram fazer artesanato, podendo transformar essa atividade de lazer num negócio caseiro de sucesso. As vendas de artesanato são um segmento em expansão, com muitas opções para venda, como lojas de varejo locais e lojas de artesanato online. Assim como acontece em outras atividades, viver de artesanato requer trabalho duro.

 

Aprenda agora em 13 passos como iniciar um negócio e fazê-lo prosperar antes de começar.

 

1º Passo: Seja realista sobre as suas habilidades, a qualidade e comercialidade dos seus produtos, suas necessidades financeiras e o cronograma de produção.

Muitos artesãos começam a fazer artesanato como um complemento, por diversão e para ganhar um dinheiro extra. Fazer artesanato por diversão é muito diferente de ter que produzi-lo como um serviço de tempo integral. Compare o seu artesanato a outros para garantir que está criando um produto que as pessoas iriam querer comprar e com o qual ficariam satisfeitas.

 

2º Passo: Decida que tipo de negócio de artesanato caseiro começar. Há várias opções para se vender artesanatos. Você pode vender no atacado para lojas ou trabalhar com clientes individuais. Outra ideia é vender artigos para artesanato. Você pode trabalhar em casa, usando um site e um catálogo como vitrine, ou abrir sua própria loja.

 

3º Passo: Faça alguns cursos de negócios ou aprenda em livros e sites sobre como iniciar um negócio em casa. 

Aprenda sobre finanças, manutenção de registros e propaganda para compreender melhor como iniciar um negócio de artesanato bem sucedido. Aprenda a usar programas de processamento de textos e planilhas eletrônicas.

 

4º Passo: Procure e defina um local. Se você decidir trabalhar apenas em casa, ainda precisa de um espaço designado e organizado para a produção do artesanato, além de uma área para manter os registros e fazer tarefas administrativas. Não precisa ser um local muito grande, mas tem que haver um espaço reservado a isso. Para a loja, considere alugar um estande a longo prazo numa feira de artesanato, ou montar um bazar ou uma pequena loja. Outra ideia é se unir com outros artesãos para estocar sua loja ou vender os produtos deles em consignação.

 

5º Passo: Reúna-se com um contador, um consultor de pequenas empresas ou outra pessoa que seja muito conhecida e bem sucedida no ramo.

Descubra como montar seu negócio e a estrutura fiscal. Decida se deve incorporar seu negócio. A associação local de negócios deve fornecer assistência gratuita.

 

6º Passo: Contate a prefeitura da sua cidade para descobrir as licenças necessárias.

Pergunte sobre zoneamento, se você tiver um negócio em casa com tráfego de clientes. Registre seu negócio na Receita Federal. Lembre-se de que, se você vender itens alimentícios, provavelmente precisará ter a área de trabalho inspecionada e licenciada.

 

7º Passo: Fale com um agente de seguros sobre que tipo de cobertura você precisa.

Segurar um espaço de varejo protege contra danos materiais e responsabilidades.

 

8º Passo: Defina um telefone para o seu negócio. Você pode usar um telefone comercial, um celular ou um telefone online, desde que seja um número dedicado a isso. Tenha uma gravação profissional na mensagem de voz ou use um serviço de atendimento remoto para atender as ligações e notificar você sobre novas chamadas.

 

9º Passo: Compre ou imprima cartões de visita, papel timbrado e materiais promocionais.

Se estiver trabalhando como atacadista, tenha um catálogo simples impresso que liste seus itens e preços.

 

10º Passo: Crie um site e presença online. Tenha um blog para mostrar os novos produtos e dê um toque pessoal com imagens do estúdio e do seu artesanato em ação. Exponha seus produtos no Flickr, no Facebook e em outras redes sociais.

 

11º Passo: Registre-se em listas locais e nacionais se você tiver uma fachada. 

Coloque em listas online e impressas de negócios locais e na lista telefônica local.

 

12º Passo: Escreva um plano de marketing e publicidade. Considere colocar anúncios em revistas e sites de artesanato. Entre em fóruns online para promover seus artesanatos e entrar em contato com outros artesãos. Faça propaganda doando produtos para eventos e expondo-os em lojas que vendam produtos relacionados.

 

13º Passo: Monte lojas em comércios de artesanato online. Alguns têm taxas baixas, grande tráfego de pessoas e aparecem no topo em sites de pesquisa. Há muitas outras lojas que não têm tantos visitantes, mas continuam sendo boas escolhas para mostrar seu produto.

Agora que você já sabe por onde começar seu negócio de artesanato, coloque em pratica os passos acima e Boa sorte!!!

 

Gostou do Artigo?? Tem alguma dúvida ou sugestão?? Compartilhe ou deixe-nos sua mensagem!!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *